| 
  • If you are citizen of an European Union member nation, you may not use this service unless you are at least 16 years old.

  • You already know Dokkio is an AI-powered assistant to organize & manage your digital files & messages. Very soon, Dokkio will support Outlook as well as One Drive. Check it out today!

View
 

peadmatematica

Page history last edited by PBworks 16 years ago

 
 

Professora Marluza Benedetti da Rosa e Professor MarcusVinicius de A. Basso

Aluna Rosali Cunha Thomas

 

 

 

 

Classificação e Seriação para 2ºANO

 

 

A brincadeira das bolinhas na atividade 2 foi adequada e instrutiva. As bolinhas com as carinhas demonstrando o estado de espírito da criança foi muito criativo. Acredito que faria todas as brincadeiras adaptando-as para o ano em que leciono.  Pesquisando por meio de conversas e tarefas o conhecimento e a realidade de cada aluno iria adaptando estas brincadeiras. Construindo outras figuras que tivessem alguns objetos do ambiente onde vivem como: árvores, bicicletas, pirulito, kinder ovo... e  trabalharia classificação e seriação.  Não temos sala de informática na escola então, faria um desenho em uma folha de ofício bem pintada e copiaria em folhas xerocadas. Seria um meio de distribuir a divertida aprendizagem para a minha turma de 2º ano.

Criando uma atividade:

 

 

Imaginando uma atividade após participar das brincadeiras da atividade 2 percebi que as tampinhas que tenho em sala de aula poderia ser uma boa criação de brincadeira de aprendizagem. Já trabalhei com os alunos a manipulação concreta do material inclusive  com as cores das  tampinhas misturadas para demonstrar a quantidade.  Portanto, acredito ser o momento adequado de aplicar a relação do material para classificação e seriação com as tampinhas de garrafa pet.

Lecionei uma terceira série no ano de 2006 e observei a dificuldade que as crianças tinham em reconhecer a unidade, dezena e centena. Hoje, leciono um 2ºano e no conteúdo teremos que ministrar este ensino de matemática. Pensei então, de pegar nove tampinhas de garrafa pet vermelhas e formar as unidades (de zero até 9) e as dezenas (10) com tampinhas brancas (sendo que uma branca representando a dezena  e uma vermelha representando as unidades) até cem (100). Com os números colados nas tampinhas. Poderia apresentar a atividade colando uma lixa embaixo de cada tampinha e aderindo em uma flanela como se fosse um mural. Depois pediria que em grupo tentassem montar o referido mural com os números de zero até cem.

 

 

 

 Atividade 4 Classificação e seriação

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

atividadeCS4.doc 

 

 

 

 ATIVIDADE NO1

 

NÚMEROS E OPERAÇÕES

 

Os números passaram pela minha vida muito obrigatoriamente. Existiam porque precisa estudar. Quando casei fez presença em minha vida para lembrar a data de casamento e  logo os anos de convivência. Depois de três anos,  com o  nascimento de minha filha os números  passaram a ser  muito significativo  afetivamente. Como é importante a memorização deles. Lembro uma vez que fui elogiada por saber a data de nascimento de minha filha na Secretaria de Saúde. A recepcionista comentou que muitas mães não sabiam a data de nascimento dos filhos (as). Guardei comigo esta observação e tinha o maior orgulho de informar a data de nascimento cada vez que era pedido. Bobagem minha né? Mas serviu de experiência de lidar com meus alunos hoje. Senti na pele como é importante elogiar. Quando percebo que o aluno se sente inferior aos que já sabem,digo que ele é inteligente falta acertarmos a nossa comunicação de uma  maneira que ele possa  entender diferente. E continuo aplicando exercícios e formas diferentes para que ele raciocine aos poucos.

Os números em minha vida  são como as palavras; muito penetrantes e significativas  refletem emoções.  Por meio  das datas o nosso passado. Comemorações tristes como o atentado das torres  gêmeas no dia 11 de setembro.

Nos dias de hoje, os números estão nos horários que pré-determinamos em nossas vidas. Na instituição em que trabalhamos os números de telefones de nossas colegas, a hora de entrada na escola, do refeitório, do recreio e saída. 

Quando devemos  comparecer para uma visita precisamos do endereço.

Importante experimentar com os alunos estes ensinamentos em sala de aula. Experimentando por meio de dramatizações e  reflexões  a real importância de nossa realidade. Hoje por exemplo a violência, seqüestros  noticiados  em jornais, revistas e televisão é um meio  das crianças ouvirem e perceberem a intranquilidade da sociedade. Muitas crianças  são inseguras e planejar uma aula neste sentido seria ideal para se  tranquilizarem.

 

 

 

 

 

 

REPRESENTAÇÃO DO MUNDO PELA MATEMÁTICA

 

Atividade 2 Números e operações – Pólo de Gravataí

 

Professora Marlusa

Tutora Damiana

 

Aluna: Rosali Cunha Thomas

 

 

Objetivos:

 

Descobrir novos conceitos com compreensão sobre números em  sua utilização;

Demonstrar para o aluno maneiras de se utilizar adição e subtração na compra e venda; de mercadorias, quando é o vendedor e quando é o comprador;

Competir quem vende e compra mais para seu orçamento;

Atividade em dupla (integração).

 

 

Material:

Embalagens de sucata vazias ;

Carteiras,

Cadeiras

 

 

 

 

 

Desenvolvimento:

 

Nos primeiros dias colocamos nomes nas embalagens, depois colamos os preços (redondos). Os dinheirinhos trouxeram de casa de mentirinha e outros confeccionamos de papel colorido semelhante a sugestão apresentada. Nas cores verde, amarela e vermelha.

A colaboração dos alunos ao trazerem material de embalagens vazias foi muito divertido. Trouxeram pouca quantidade e depois foi aumentando. Formamos duplas para dirigirem seus negócios como:  supermercado (2), lojinha de brinquedos, loja de venda de água, loja de roupinhas de bonecas (a menina costurou em casa). E duplas para os consumidores (6).

A brincadeira foi no pátio da escola. Na participação dos alunos surgiu uma exigência de que trocássemos os lugares  na função de vez em quando, porque queriam brincar de vender e comprar. Fizemos gráficos. E no final aproveitaram também para criar objetos de brinquedos como bonecos, carrinhos e levaram para casa.

Observações:

 

Quando há uma integração tudo transcorre com colaboração de todos. No momento da crítica de alguma exigência todos pensam juntos porque querem participar com prazer isto é espontaneamente. Percebi que muitos alunos não sabiam calcular mentalmente.

Precisavam de lápis e papel. Fiz um sorteio de duplas que planejei em casa. Duplas de crianças com PS1 ou PS2 com alfabéticos, PS2 com silábicos, Ps1 com silábicos. Observei que no primeiro momento eles escolhendo sua dupla foi mais divertido mas, muito mais difícil. Depois com o meu sorteio foi mais preciso o desenvolvimento se divertiram mas, pensaram muito mais; um ajudando o outro. Questionando e não aceitando as idéias. Mas, no final deu tudo certo.

 

 

 

ATIVIDADE 4 NÚMEROS E OPERAÇÕES  CLIQUE NO LINK

 

 atividade4numeroseoperacoes.doc

 

 

 

 

 

 

 

 ATIVIDADE 5 ATIVIDADE DE MULTIPLICAÇÃO CLIQUE NO LINK

 

 

ativ5.mht

 

 

 

 

 ATIVIDADE "como se trabalhar as 4 operações" 6 GRUPO DE TRÊS CACHOEIRAS

 

 

  • Escolhi um grupo com o mesmo número do meu grupo e surpreendi-me como é simples  este exercício da atividade 5 que fiz quase foi igual com o das blusas e saias. Demorei para imaginar e para quem tem experiência é mais fácil.

 

 

 Componentes do grupo 3:

Bruna de Oliveira Pinheiro

Daniela Pereira de Souza

Edinara Scheffer Costa

Elizete Borges da Rocha

Fabiana Carlos Cardoso Sparremberger

 

O grupo evidenciou bem a realidade escolar em seu comentário. Realmente eu também sinto que quando a criança não entendeu bem a representação por meio de jogos ou outros recursos devido a falta de atenção, inquietude é muito comum e ocorre em sala de aula. É natural retomar parte de conteúdos e integrar a nova matéria para um melhor desenvolvimento de aprendizagem. Para isso é necessário muitos recursos e atividades complementares.

Os questionamentos foram bem exemplificados.

É importante e necessária para a criança a manipulação dos objetos  e sempre na medida do possível sanar suas dúvidas para isso um bom planejamento é essencial.  O grupo pareceu-me estar integrado.

 -.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-.-

 

Comments (9)

Anonymous said

at 4:47 pm on Apr 8, 2008

ATIVIDADE 3. Oi, Rosali! As suestões que você postou no mural são bem interessantes! Mas não ficou claro o que cada uma trabalha de seriação. Sugiro que repense essa atividade. Aguardo retorno. Beijocas e boa semana...

Anonymous said

at 1:56 pm on Apr 12, 2008

ATIVIDADE CS4
Rosali Querida! Valorizo muito esta preocupação tua de despertar valores como solidariedade e cooperação entre os alunos. Na sala de aula sempre trabalhamos com as diferenças e é muito importante que se desenvolva o respeito coletivo. Em relação a atividade em si, não consegui entender como ela foi encaminhada. Qual foi mesmo a proposta feita aos alunos? Como eles classificaram e utilizaram os materiais trazidos? O gráfico construído relaciona o que? Sugiro que leias as orientações que estão disponíveis na Front Page do wiki dos grupos e reescreva a atividade seguindo aquelas orientações. Assim que estiver pronto nos avise por e-mail que faremos novos comentários. Lembre-se que sempre estamos a disposição para eventuais dúvidas.

Anonymous said

at 2:02 pm on Apr 14, 2008

ATIVIDADE CS3.Oi, Rosali! Que bom que repensou a atividade e postou novas sugestões. Sua preocupação em trabahar a cooperação e a organização para a vida longe da sala de aula é muito importante. O primeiro exemplo está ótimo! Além de ordenar por tamanho, questionar sobre o porque de ter tamanhos variados. Mas as outras duas atividades ainda não explicitam o trabalho de seriação. O segundo exemplo mostra questionamento sobre os tamanhos diferentes das peças mas não solicita uma ordenação. Já o terceiro está bem interessante a idéia de observar uma imagem e representá-la com sucata. mas pergunto: onde está a seriação? Quem sabe você lê algumas sugestões no mural ( das colegas Daniela Capra, Simone, Maria Veronica) para ver se te ajudam? Aguardo retorno. Estamos entrando no espírito de conversa, troca e construção, não acha? Estou adorando... Beijocas

Anonymous said

at 5:26 pm on Apr 18, 2008

Atividade NO1: Rosali! Que interessante relembrares das passagens de tua vida e a relação entre elas e os números. Fiquei impressionada como a questão de algumas pessoas não lembrarem a data de nascimento de seus filhos, nunca havia pensado nisso, por isso, fiquei intrigada com esse relato.

Um grande abraço,
Damiana

Anonymous said

at 5:25 pm on Apr 24, 2008

Atividade NO4. Olá, Rosali! O tabuleiro apresentado indica que a atividade elaborada é um jogo. Onde estão as regras? Como se anda? Qual a função das flechas? O que esse jogo trabalha que envolve o campo aditivo? As sugestões apresentadas no material podem ser bastante inspiradoras e te ajudar a responder essas questões. Falta, então, explicares o que queres com essa atividade e como ela se desenvolveria na sala de aula. Você já leu as orientações postadas no wiki da interdisciplina? Dê uima olhadinha... Beijo na ponta do nariz!

Anonymous said

at 5:43 pm on Apr 24, 2008

Atividade NO2. Oi, Rosali! Muito legal os alunos tranalharem em duplas e perceberem que isso os ajuda! Fiquei curiosa para saber que gráficos vocês construíram.. Poderia ter explicado melhor... E como foi a colocação dos preços? Houve uma pesquisa? Como foi feita a divisão de quem cuida de que estabelecimento? Quanto de dinheiro cada dupla recebeu? Quais foram as dúvidas e as discussões ocorridas entre as duplas? Você escreveu que eles não sabiam clacular mentalmente, quem sabe você pode pensar em elaborar estratégias de cálculo mental com eles! Ficam muitas sugestões e várias perguntas... Mas a atividade está contemplando o que foi solicitado. Parabéns! Beijo na ponta do nariz...

Anonymous said

at 5:09 pm on Apr 26, 2008

Tutora Elisa depois que fiz este trabalho o difícil é eles pararem de perguntar quando iram brincar de supermercado novamente. No início foi uma barulheira ainda bem que a sala é de material. Ninguém reclamou. Foi até divertido olhando dava vontade de rir. Eles com suas mesas e embalagens com preços que eles inventavam alguns muito caros. Deixei assim porque encenei sendo compradora. E disse que era caro a mercadoria. Não terminei o trabalho ainda é uma turma de 26 alunos e enfrento dificuldades de comportamento com algumas crianças violentas. Nestes dias vieram todas. O trabalho é gostoso de aplicar querem fazer o dinheirinho durante a aula toda. De vez em quando assusto um aluno que esconde os "dinheirinhos" pedindo para guardar os papeizinhos porque não é hora de "supermercado".

Anonymous said

at 7:26 pm on May 3, 2008

Atividades NO5 e NO6: Rosali! Na atividade NO5, buscas trabalhar com classificação com diferentes tipos de carros, mas qual a relação com a proposta da atividade NO5, que pede que proponhas uma atividade com campo multiplicativo? Sugiro reveres a tua proposta e explique um pouco mais a tua atividade. Sobre a atividade NO6, teu comentário está muito sucinto. Traga mais elementos para enriquecer ainda mais tua atividade.
Abraço, Damiana

Anonymous said

at 8:31 pm on May 22, 2008

Atividade CS3 (refeita)Rosali, a atividade CS3 solicita que publiques no mural três atividades que envolvam seriação. Gostaria que me explicasse porque inseriu como exemplos textos relativos à conservação da quantidade discreta e conservação da área. Percebo teu esforço em buscar fundamentação teórica para as atividades de Matemática o que demonstra iniciativa e autonomia. No entanto, você deve buscar bibliografias condizentes com os temas abordados. Para debater questões relativas à conservação da quantidade discreta e da área precisaríamos abordar questões profundas da Epistemologia Genética de Jean Piaget. Considero a atividade CS3 como realizada embora perceba uma insegurança da tua parte. Se quiseres aprofundar questões relativas a seriação sugiro que o faças via o livro: LORENZATO, Sérgio. Eduação Infantil e Percepção Matemática. ED. Autores Associados, Campinas- São Paulo. No capitulo dez,deste livro, você encontra uma série de sugestões de atividades relacionadas a seriação. Repito só se você quiser!!!!

You don't have permission to comment on this page.